Muito além da roupa suja

Reflexões sobre roteiro

Só divagando e divagando, porque eu comprei 18 revistas e dois livros sobre a Costa Oeste e agora está me dando uma preguiça monstra de abrir qualquer um deles.

Nos últimos dias tenho tentado esboçar roteiros para minhas próximas férias. Eu sou do tipo maníaca: escolho destinos e compro passagens com uma antecedência que muitos consideram absurda.
Na verdade, trata-se de uma antecedência ótima, pois me sobram vários meses para pesquisar as cidades todas, ver o que eu quero fazer em cada lugar e, principalmente, o que eu não quero fazer. Afinal, a gente sempre volta pra casa com a impressão de que não deu tempo de fazer um montão de coisas legais, então é melhor otimizar o tempo que temos.

Eu realmente não sou do tipo de pessoa que vai pra Europa visitar 15 países em 20 dias. Sou mais lenta, gosto de curtir com calma e ter tempo de entender um pouco cada lugar por onde passo. Lógico que isso nem sempre é possível; e, também, algumas cidades são meio fáceis de se entender (I’m looking at you, Sorocity!). O fato é que é sempre melhor abrir mão de algumas coisas para poder aproveitar direito as outras. Eu, pelo menos, funciono assim. De outro jeito eu não consigo nem entender a viagem e faço a maior embolação geográfica na hora de contar alguma história. Aí saem umas super dicas, tipo “não deixe de ver a Estátua da Liberdade em Seattle!!”.

Essa viagem para a Califórnia já deu oportunidades para exercer o desprendimento desde as primeiras idealizações. Tem tanta coisa legal lá que, pra conseguir ver tudo, eu teria que ficar mais de um mês! Tem cidade, tem praia, tem deserto, tem floresta, tem neve (Califórnia é, tipo assim, um planeta).
Já abri mão de San Diego, Las Vegas e dos parques naturais. Do outro lado, meu pai desencanou de ir às vinícolas do Napa Valley (apesar de que eu ainda não comprei muito essa conversa).

No final, acho que o saldo é positivo. Com o roteiro do jeito que está eu tenho mais tempo para aproveitar, do jeito que eu gosto, San Francisco, LA e a Highway 1 (com duas pernoites!). Ainda ganhei o bônus de passar uns dias em NY com minha mãe e minha irmã (e daí que elas vão passar o dia comprando lençol?). Aliás, tá aí mais um roteiro que eu preciso começar a trabalhar… Melhor começar a ler as revistas, né?

Deixe um Comentário