Muito além da roupa suja

Challenge Accepted

Essa semana será totalmente atípica pra mim, pois terei duas viagens! Parto amanhã para Porto Alegre a trabalho e, no fim de semana, vou para o Rio de Janeiro a passeio.

Entre uma viagem e outra, tenho apenas uma noite em casa e uma manhã no escritório. O jeito vai ser otimizar a coisa toda e aproveitar a mesma mala nos dois destinos. Assim, na quinta à noite, só tiro a roupa suja da mala e coloco a roupa limpa no lugar.

Acho até bem viável esse esquema porque, pra mim, a parte doída de arrumar as malas sempre foi a nécessaire. O desafio dessa vez está no tamanho das malas, pois eu carrego um monte de quinquilharia pra todo canto e estou decidida a não despachar bagagem em nenhum dos vôos. Aliás, para ser mais específica, quero fazer o serviço todo caber nessa mala aí da foto, que é a mesma que eu uso para ir à academia. É aquele velho exercício do desapego, que se desdobra em todas as áreas da vida e bla bla bla whiskas sache…

Levarei a roupa toda contadinha (não pode comer molho de tomate!! HAHA!). Como não estou indo pra nenhum lugar muito exótico, em caso de emergência faço umas comprinhas.
Não abro mão: toalha e moletom. Toalha em POA não vou precisar porque ficarei em hotel, mas moletom eu decidi que não viajo mais sem, não importa o destino. É quase tão versátil quanto a toalha! Na nécessaire estou priorizando produtos mini; seja transferidos para frascos menores ou aqueles brindes que a gente sempre ganha nas lojas de departamentos dos EUA. Mas o chefão do jogo eu vou confessar pra vocês qual é: escolher apenas dois batons!

Enfim, vou ali arrumar a tal da mala e, qualquer dia desses, eu volto aqui pra compartilhar o desdobramento dessa emocionante (#NOT) aventura da mala pequena.

Deixe um Comentário