Muito além da roupa suja

20 dias sem computador

Eu não resolvi ficar pra sempre nos EUA. Eu não fui morar nas montanhas. Eu não morri. Eu não fiquei sem internet.
Foi só preguiça.

Cheguei de volta ao Brasil no dia 04 de dezembro e fui direto pra casa dos meus pais, porque ainda tinha 2 semanas de férias. Lá eu fico tão, mas tão perdida no contínuo tempo-espaço que nem descarreguei as fotos da viagem.
De lá pra cá, meu celular querido caiu no chão, quebrou o display (não o vidro da tela, foi coisa interna, tipo tubo de televisão – antiga) e foi pra assistência técnica. Então esse post poderia ser uma eulogia, mas nosso reencontro é amanhã!

Depois do advento dos smartphones, é muito raro eu estar offline. E viajar offline é chato demais! Mas carregar computador pra cima e pra baixo também é chato demais! Nem tanto pelas redes sociais, mas às vezes você quer fazer uma reserva, pesquisar um restaurante legal, horário de funcionamento de um museu (eu ia dizer loja, mas resolvi sofisticar…), qualquer coisa! E quanto menos xexelento o hotel, mais caro é o acesso à internet, já notaram? Mesquinharia…

Nessas férias resolvi viajar sem computador e, felizmente, meu celular me permitiu isso. Não senti nem falta do notebook. O esquema foi comprar, logo que cheguei nos EUA, um SIMcard (vulgo chip) para o meu celular (desbloqueado) habilitado para acessar internet. Geralmente você consegue uns planos bem legais por uns 50 ou 60 dólares; e tanto a AT&T, quanto a T-Mobile tem serviço, cobertura e velocidade muito bons.

Outro pulo do gato foi um cabinho supimpa (acima) que comprei no Mercado Livre. Ele é, de um lado, um macho micro-USB e, do outro lado, uma fêmea USB. Ou seja, dava pra plugar pen-drive no meu celular. Dava pra fazer QUALQUER COISA. Só não garanto que dá pra plugar impressora e teclado porque eu não tentei.
Deixo a dica, aliás, desse cabinho mesmo pra quem não vai viajar. Super versátil! rs

3 Respostas para 20 dias sem computador

  1. Lembrando que o cabinho acima só funciona para celulares/tablets com Android (Samsung Galaxy, LG Optimus, Motorola, etc).
    Para iphone/ipad, nada feito… no máximo, existe um adaptador para ler cartoes SD ou pen-drives (mas só para leitura e não escrita).

Deixe um Comentário