Muito além da roupa suja

F.A.Q. – Pacific Coast Highway aka California Route 1

IMG_3398

Todo mundo que viaja pela California faz de um tudo pra conseguir encaixar o trajeto costeiro entre San Francisco-LA. Comigo não foi diferente. Foi um tal de remanejar dias de viagem, pesquisar cidades e paradas, “qual sentido faz mais sentido”, que o momento de pegar a estrada foi, pra mim, o mais esperado de todos.

 

Como eu fiz?

Viajei no sentido San Franscisco – LA, pra ficar do lado do mar e parar mais fácil nos mirantes. Pernoitei duas noites no caminho, uma em Carmel/Monterey e outra em Santa Bárbara.

 

Onde me hospedei?

Em Monterey fiquei hospedada no Super 8 Monterey/Carmel (1300 Munras Ave, Monterey, CA 93940). O hotel surpreendeu! Preço bom, limpo, quarto grande e confortável (com frigobar e microondas), boa localização e com internet Wi-fi e café da manhã quebra-galho inclusos na diária. Ficaria mais noites lá sem problemas!

Quarto do Super 8 Monterey/Carmel
Quarto do Super 8 Monterey/Carmel
Camas (se não fosse essa legenda, hein?)
Camas (se não fosse essa legenda, hein?)
Banheiro todo complexo e compriiiido
Banheiro todo complexo e compriiiido

Em Santa Barbara ficamos no Days Inn (116 Castillo St, Santa Barbara, CA). Também gostamos bastante, mas esqueci de tirar fotos (pode confiar nas do site!). Super pertinho do Pier e a poucos quarteirões da State St., que é a principal rua da cidade. O quarto era um pouco menor que o do Super 8, mas nos atendeu bem. Super limpo! Também tem frigobar no quarto, internet e o café da manhã funciona no mesmo esquema. Aqui, o grande destaque fica para os proprietários, um casal asiático de meia/terceira idade. Os dois são super gracinha! Quando fui fazer check-in, a mulher não só me deu mil folhetos da cidade, como abriu o mapa turístico e foi anotando um monte de coisa, me explicando do transporte, dos pontos turísticos, quais restaurantes eram legais de ir… Pensa uma pessoa FOFA! Então, era a Mrs. Days Inn.

 

Como é a estrada?

SEM PEDÁGIO!

Só essas duas palavras já me servem como garantia de viagem feliz. Mas como eu sei que nem todos vocês moram em São Paulo, vou falar de outras coisas também. 🙂
A estrada é bem pavimentada e mão única em muitos trechos (longos, inclusive), mas a velocidade máxima permitida não é muito alta. Aliás, isso é algo para ficar atento, pois lá eles multam bastante. Na Califórnia existe uma outra estrada que percorre o estado de Norte a Sul, a I-5. Ela é toda rápida e duplicada. Então, quem anda pela PCH, ou está realmente passeando sem pressa e parando nos mirantes, ou tem em plena consciência de que os outros motoristas estão. Ou seja, dificilmente vai ter um apressadinho grudando na traseira do seu carro jogando farol (não seja você essa pessoa!).
Grande parte do trajeto é feito em serra (Big Sur, principalmente), então é bom estar bem atento nas curvas e ter certeza de estar bem descansado antes de pegar a estrada. E, só pra eu não ser acusada de omissão, tenha certeza que está sóbrio antes de sentar ao volante.

IMG_3471
Quase chegando em Malibu

Faria essa viagem de novo?

Eu realmente acho que esse é passeio de uma vez na vida. Mas como estou na flor da idade, é bem possível que, se no futuro eu tiver uma família, surja a vontade de fazer essa viagem com eles também. Nem que seja só os melhores momentos…

Lugar maluco. Praia, floresta e deserto, um do lado do outro.
Lugar maluco. Praia, floresta e deserto, um do lado do outro.

 

O que eu faria de diferente?

Se eu soubesse naquela época o que eu sei hoje… Bom, é bem provável que fizesse tudo o que fiz, do jeito que fiz, pois eu não tinha muitos dias disponíveis para viajar. Mas, se não tivesse esse fator limitante, eu ficaria mais uma noite em Carmel/Monterrey, com certeza. Isso porque só consegui passear em Carmel durante a noite e aí só tem metade da graça. Eu faria, também, mais um pernoite no meio do caminho. Talvez em Cambria ou San Luis Obispo. Sem programações, só porque estrada demais fica cansativo. Quem sabe daria tempo até de visitar alguma vinícola daquela região? Aliás, naquela viagem com minha futura prole (Bino, Bozena e Àbaco), farei camping! São muitos no caminho, principamente no Big Sur (Los Padres National Park, imendo), e eu fiquei morrendo de vontade de acampar por lá!

Cena do próximo capítulo: Blogueira e seu pai traçam planos para um parque temático do Zorro em Monterey.

 

Vai para a Califórnia? Pesquise no Booking mais de 5000 opções de hospedagem no estado mais legal dos EUA!

 

10 Respostas para F.A.Q. – Pacific Coast Highway aka California Route 1

  1. Olá Mônica,
    Estou indo a San Francisco em Novembro, exatamente no Thanksgiven Day.
    Li seus posts sobre esse feriado e te pergunto se seria interessante fazer a viagem a Montrey/Carmel na quinta e sexta (thanksgiven/black friday).
    Minha idéia é de pernoitar em Montrey e passear em Carmel na sexta e pegar a estrada de volta para San Francisco no fim da tarde de sexta.
    O que achas? Podes me dar alguma sugestão?
    Obrigada!
    Adorei o blog!
    Bj
    Daliane

    • Oi, Daliane!
      Obrigada pela visita!

      Thanksgiving é um dos poucos feriados nos EUA em que a maioria dos estabelecimentos comerciais realmente fecha. Dê uma olhada se diz alguma coisa no aquário de Monterey, por exemplo.
      No mais, acho super legal essa idéia da viagem, pois como são cidades bem próximas de SF, você não vai perder tanto tempo na estrada, mesmo que tenha trânsito.
      Sexta-feira é tudo normal em matéria de funcionamento. Tem lojas lindas e diferentes em Carmel, você pode aproveitar as promoções. 🙂
      Enfim, as únicas coisas que podem ser que impactem são: trânsito na saída de SF e alguns lugares fechados em Monterey, mas isso depende do roteiro que você vai querer fazer por lá, alguma coisa vcs com certeza encontrarão para fazer! 🙂
      Espero que aproveite muito, pois é uma região muito linda!

      abs,
      monica

  2. Oi Mônica, Estou adorando seus relatos e adorando mais ainda suas dicas. Muito obrigada.
    Gostaria de saber uma coisa: farei essa viagem de carro em janeiro agora, só que no sentido contrário (LA -SF). Você disse que tem trechos de mão única na estrada. Como fica? Gostaria de ir pela mesma estrada que vc.
    Obrigada.

  3. Oi Mônica!
    Obrigada por sua resposta! Eu estive fora uns dias e não vi seu comentário…
    O tempo passou e eu mudei um pouco o itinerário da minha viagem! Mais uma vez gostaria de contar com sua excelente ajuda…
    O que acha desse roteiro?

    20/11 – Chegada em SF
    21/11 – Viagem para Lake Tahoe (o q tenho para fazer lá? A Gondola funciona nesse período? Não pretendo esquiar.. rsrsrsrs)
    22/11 – Retorno para SF
    23/11 – Viagem para Monterey/Carmel
    24/11- Big sur (estou na dúvida se vou até o Hearst Castle por conta do tempo) Pernoite em San Simeon ou Gilroy
    25/11- Gilroy ou Milpitas (outlets)
    26/11 – San Francisco
    27/11 – Retorno para o Brasil

    Desde já agradeço sua atenção!
    Bjos

    • Oi, Daliane!
      Eu não fui pra Lake Tahoe. Só sei q é longinho, veja se não vai ser mto perrengue ir pra ficar tão pouco tempo.
      Sobre o resto do roteiro, assim, San Francisco é uma cidade muito legal! Porque vc não tira uns dias para conhecer?
      As viagens mais economicas são aquelas com menos deslocamentos. Já q passará tanto tempo num lugar tão legal, aproveita pra curtir SF mesmo!

  4. Oi Monica!
    Muito obrigada!
    Vou repensar meu roteiro,sim…
    Parabéns pelo Blog!
    Quando eu voltar, posto para vc o itinerário q fiz!
    Bjos

Deixe um Comentário