Muito além da roupa suja

Hospedagem barata em Londres: YHA London Central

Eu já falei aqui no blog que, para mim, o mais importante da hospedagem é uma boa localização. E, em Londres, mandei bem pacas na localização do hostel!

Fiquei hospedada no YHA London Central, que fica no bairro Fitzrovia. É uma região mais residencial, mas com opções de mercado e restaurantes perto. O bairro é bem tranquilo, então é uma boa opção para quem quer ficar no centro, mas afastado da bagunça. O metrô (estação Great Portland Street) fica a menos de 5 minutos de caminhada e as linhas são todas relevantes. Se você topar andar mais 30 segundos, tem a estação Regent’s Park, com a linha Bakerloo, que também leva para todos os lugares que a gente quer ir! Fora que eu fui até lá a pé desde Picadilly Circus, demora um pouco, mas é super factível praquele dia que você quiser economizar o ticket do metrô! #sovina

Esse hostel não é dos mais baratos e a maioria dos hóspedes não são do estilo super mochileiros econômicos. Mas acho uma boa escolha pra quem está procurando um meio termo, vimos muitas famílias por lá – com crianças, inclusive. Como estávamos viajando em três, ficar em hotel sairia caríssimo, mas também não temos mais pique de dividir banheiro e quarto com mais 11 desconhecidos (vai que tem alguém super fedido?).

Só nosso!! Mas os do corredor também estavam sempre limpos.
Só nosso!! Mas os do corredor também estavam sempre limpos.

Ficamos num quarto privativo com duas beliches. Tudo pareceu bem novo, as beliches firmes o colchão bom, quarto e banheiro super limpos, chuveiro quente e forte (Priscila alega quase ter morrido afogada no primeiro banho). Só o travesseiro era meio podrinho, mas eu sou fresca e gosto de travesseiro de plumas, então a critica não aplica. No geral, a única coisa que incomodou foi o calor porque, CLARO, não tinha ar condicionado no quarto. Mas tinha até um ventilador. A questão é que eu até entendo que as pessoas não costumam passar calor em Londres, né? Enfim, incomodou mas não comprometeu, até porque refrescava um pouco a noite.

Beliche pré-bagunça
Beliche pré-bagunça

Um detalhe muito legal é que apenas a área da recepção e bar era aberta ao público. Para ter acesso ao elevador e todas as outras áreas de hóspedes, era necessário o cartão (chave do quarto). O bar era bem legal, tinha comida e bebida com preços bem amigos. A pizza de brie com espinafre era um negócio tão maravilhoso que eu acho que vou fazer pra mim hoje a noite, a saudade é grande!

Oi, pizza! How u doin'?
Oi, pizza! How u doin’?

A gente estava com roteiro planejadinho e apertadinho mas, caso você seja mais espontâneo, todos os dias tem programação no hostel, seja um walking tour gratuito até musical com super desconto. Então vale a pena ficar atento aos murais.

Em suma, gostei pra caramba de lá, o negócio era muito ajeitado mesmo e foi excelente como primeira experiência em hostel. Ficaria novamente com certeza. E, se você se interessou pelo bairro, mas não topa ficar em hostel, considere esse Holiday Inn, que ainda é um quarteirão mais perto do metrô!

 

Política de Transparência: O conteúdo do post reflete a experiência da blogueira, mas o Desfazendo as Malas recebe comissão pelas vendas realizadas pelos links.

Vai para Londres? Pesquise no Booking entre quase 1500 opções de hospedagem na cidade!

10 Respostas para Hospedagem barata em Londres: YHA London Central

  1. Vou passar esse hostel para minha cunha que vai pra lá no começo do ano Moniquita! Saudade dos seus posts ! ri alto no “super fedido”

  2. No primeiro dia???? eu me afoguei todos os dias!!!! Kkkkkkkkkk
    Lembrete importantíssimo: levem touca toucador de banho….Não eh fácil achar uma em Londres e o chuveiro não permite que vc fique em um um cantinho sem molhar a cabeça….

    • Obrigada, Nah! É uma honra, afinal, as dicas de vcs me ajudaram muito nos planejamentos da viagem. Agora eu já posso dizer que começo a entender o tamanho do buraco que Londres deixou no coração seu e do João…

      Beijos!!!

  3. Legal, roomie! O hotel onde ficavam os comissários da Varig (e os parentes pobres dos comissários) era o Meliá White House, pertinho da estação Great Portland Street também! =)

Deixe um Comentário