Muito além da roupa suja

Torre de Londres e Queen’s Walk

Vocês devem se lembrar de quando eu falei das atrações caras de Londres, né? Então, a Torre de Londres é uma dessas. Mas, mesmo assim, vale muito a pena! Era uma das coisas que eu mais queria ver na cidade e não decepcionou nenhum pouquinho.

IMG_6173
Na saída do metrô, o que sobrou da muralha medieval

O legal é que o lugar é enorme, então tem atrativos para todos os gostos.

IMG_6182

Pra quem está com o inglês afiado, recomendo muito começar o passeio com o tour guiado pelos Yeoman Warders, vulgo Beefeaters, que são os guardas especiais da torre. Não julgue pelas aparências (o uniforme deles só perde mesmo pra Guarda Suiça do Vaticano), para entrar nesse regimento, são necessários pelo menos 22 anos de serviço nas Forças Armadas Britânicas. Estamos falando de gente que lutou na Bósnia, Falklands, Afeganistão e por aí vai.

O tour acontece a cada 30 minutos e dura uma hora. Eu dei azar e fui num dia de chuva (único dia cinza que pegamos em Londres), então só pudemos participar da versão rápida, de 20 minutos, dentro da capela.

IMG_6183

Aqui eles contam várias histórias da Torre, as execuções, os assassinatos misteriosos, as intrigas… é bem legal e te deixa no ponto pra depois explorar com calma todos os prédios.

Não deixe de ver a exposição das jóias da Coroa, pode ser que tenha fila mas, confie, vale muito a pena! Tem um diamente lá que é do tamanho do meu punho, sério mesmo. Pena que não pode tirar fotos, porque é legal essa coisa de tradição, sabe? Tipo uma colherzinha que unge os reis desde o século XVII. Depois dessa, nem me abalo mais com as vitrines da Tiffany’s.

IMG_6201

Acho que como o Brasil é um país muito novo, essas coisas todas se tornam mais interessantes ainda, por serem tão distantes da nossa realidade. Pensem que, antes de Pedro Álvares Cabral sequer sonhar em avistar o Monte Pascoal, já tinha criança sendo assassinada na Torre de Londres. Aliás, esse é um “Quem matou?” que deixa as novelas brasileiras comendo poeira!

Nós ficamos a manhã inteira lá, e isso porque estava chovendo. É claro que tem lugares mais e menos interessantes mas, no geral, é um passeio muito bom pra quem gosta de história e para quem tem crianças. Nem sei se já falei disso aqui no blog, mas Londres é uma das cidades mais amigáveis às crianças que eu já vi. Tudo bem que eu não tenho filho, mas a impressão que tive é de que os pontos turísticos sempre se lembram delas. Sempre acham uma maneira divertida de ensinar, abusam da interatividade e, é claro, que tá cheio de adulto aproveitando também!

Não coloquei a minha foto porque meu score foi bem ruim...
Não coloquei a minha foto porque meu score foi bem ruim…

Mas é chato eu ficar contando tudo o que tem na Torre e estragar toda a surpresa.

Então vamos à segunda parte do passeio, que será responsável por 60% do seu dia fantástico em Londres.

Saindo da Torre, você dá de cara com a Tower Bridge. É aquela ponte famosa, que as pessoas cismam de chamar de London Bridge (sendo que a verdadeira London Bridge é total sem graça).

IMG_6269

A dica é atravessar a ponte – tirando fotos o tempo todo, porque você não vai aguentar não tirar fotos o tempo todo – e caminhar pela orla Sul do Tâmisa. Esse área é chamada de Queen’s Walk e, além de ter um visual ótimo, é cheia de pontos interessantes como Borough Market, Hay’s Galleria, Shakespeare Globe e etc. Curtimos tanto, que levamos a tarde inteira para chegar no Tate Modern. E nem deu pra ir na St. Pauls, do outro lado do rio, porque já estava fechando.

IMG_6293

Mas, olhe, redondinho esse passeio. Um dos dias mais aproveitados em Londres!

O ingresso para adultos  visitarem a Torre de Londres custa £23.10, mas comprando pelo nosso link, você paga direto em dólar (vantagem na hora da fatura), não precisa agendar o dia (mais flexibilidade no seu roteiro) e ainda colabora com o blog!

Vai para Londres? Pesquise no Booking entre quase 1500 opções de hospedagem na cidade!

4 Respostas para Torre de Londres e Queen’s Walk

  1. Super útil, para quem está fazendo as malas para embarcar no próximo dia 14/11!
    A propósito, você acha que vale a pena comprar o London Pass?
    Bjs e obrigada,
    Valdirene

    • Oi, Valdirene!

      O London Pass pode valer a pena ou não, dependendo do seu roteiro.
      Nesse post, falo sobre o Paris Museum Pass, mas acho que os primeiros parágrafos falam como avaliar o passe de qualquer outra cidade.
      Talvez ajude.

      abs,
      Monica

  2. Eu era louca pra conhecer a Torre de Londres e não decepcionou! Ficamos uma tarde inteira por lá. Que raiva desse povo que não pesquisa nada e fica confundindo as 2 pontes… Uma não tem nada a ver com a outra!

    • É linda, né, Fernanda? Eu queria morar lá!
      Sobre as confusões dos turistas, sempre tem exemplo pior, rs. Quando trabalhei na Disney, cansei de explicar pros guests porque eles não estavam encontrando o Shrek no parque, rs.

Deixe um Comentário