Muito além da roupa suja

Mercados de Londres

Mercados de rua são o tipo de coisa que me atrai muito em qualquer viagem, pra qualquer lugar. Mercados cobertos e supermercados também entram nesta lista, confesso!
É uma coisa que a gente acaba banalizando em casa; mas tenho fortes suspeitas de que nossas feiras e mercados regionais também têm um super potencial de fascinar os turistas que vêm para o Brasil.
Fascínio em uma palavra? PASTEL!

A experiência nos mercados de Londres foi sempre ótima e meu ponto máximo de recomenda;áo na cidade! Infelizmente, não deu tempo de ir aos mercados de Camden Town. Sempre que sobrava um tempo livre, já era horário das coisas estarem prestes a fechar por lá. O lado bom é que fiquei na vontade, e é sempre sábio deixar assuntos pendentes em uma cidade como Londres!

 

Covent Garden Market

O mercado de Covent Garden mais parece um shopping de restaurantes do que um mercado. As opções de comida são realmente muitas! Para todos os gostos, bolsos e apetites. Também tem algumas lojas por lá, principalmente de cosméticos e outras coisas cheirosas (como os fantásticos chás da Whittard of Chelsea).

Foi lá que encontramos o Créme de la Crêpe. Esse bem poderia estar nas dicas para comer barato em Londres (mas só lembrei dele agora!). Os crepes são deliciosos, custam em torno de £ 5.00 e o lugar tem a melhor vibe caverna da Barbie. Até hoje sonho com o crepe de Mars (o irmão gêmeo do Milkway e primo rico do nosso Smash).

crepe_london

Recomendo a visita fora do horário de pico de almoço e jantar, pois é bem movimentado por lá. Imagino que em finais de semana e feriados, a situação deve ficar caótica!

 

Borough Market

O meu preferido! Imperdível um almoço por lá, gente! O Borough Market fica embaixo da London Bridge e tem um climão de feira gastronômica. Não dá nem pra falar de produtos tipicamente locais porque, como a Europa é um ovo (de avestruz, mas um ovo) e Londres é a cidade mais internacional do mundo, você encontra barraquinhas com comidas típicas de tudo o que é lugar! Pães, queijos, embutidos, fudge… isso sem contar as refeições prontas. De um outro lado, tem a parte mais hortifruti, o Green Market, com frutas, legumes, hortaliças e plantas ornamentais.

borough_london

Eu comi uma “panqueca” indiana e um bread pudding (bem diferente do pudim de pão brasileiro), tomei uma Coca-Cola e comprei um monte de fudge pra comer no caminho. E é aí que entra a pegadinha dos mercados; os pratos, individualmente, não são caros. Custam em torno de  £ 5.00. Mas, se você for descontrolado como eu e comprar uma coisinha em cada cantinho, pode levar um susto no final!

 

Spitalfields Market

O Spitalfields Market fica em uma das regiões mais interessantes de Londres, no lado Leste. É a parada perfeita para o almoço de quem estiver passeando por Shoreditch e Brick Lane. Almoço e compras!

O mercado é fechado e parece uma enorme praça de alimentação de shopping, com opções de comida rápida e também bares e restaurantes, pra quem não está com tanta pressa. No meio da “praça”, no entanto, o que temos não são mesas e cadeiras, mas um monte de barraquinhas vendendo roupas, bolsas, artesanato, capinha de celular, mil coisas!

spitafields_london

Acabei não comprando nada, porque realmente odeio ter que ficar carregando as coisas o resto do dia, mas a maioria dos preços era bem amigável. Fora que as peças acabam sendo muito mais exclusivas do que as compradas nas lojas de rede da Oxford Street.

Na parte construída, além dos restaurantes, existem também algumas lojas. Lembro de ter visto uma MAC e também várias lojinhas de decoração. Pra almoçar, depois de muito rodar, optei pela Square Pie. Eles vendem tortas e batatas naquele estilo bem típico inglês. Eu escolhi a torta de espinafre, queijo de cabra e batata doce; ela veio junto com uma porção de batatas muito delícia!

 

Não posso deixar de comentar por aqui da famoooosa feira de antiguidades que acontece todo final de semana na Portobello Road. Não tem NADA a ver com qualquer feira da barganha ou Benedito Calixto, tá? Antiguidade é um trem caro pra dedéu! Mas, se você ficou curioso o suficiente para encarar a multidão, vale a pena das um pulinho em Notting Hill nos sábados ou domingos.

Aliás, gente, se tem uma coisa que não falta em Londres, essa coisa é MERCADO! Eu consegui conhecer só um super pouquinho, que foi o que deu tempo. Mas para os outros loucos do mercado por aí, opção é o que não falta. E as sugestões do post vão ajudar a pelo menos dar um gostinho e uma direção de por onde começar. O negócio ferve meeeesmo sábado e domingo, mas eu não passei nenhum fim de semana em Londres então, deixo aqui a promessa de algum dia da vida (2015, quem sabe?), postar a Parte II desses post. E a III, IV, V…

OBS: Para endereços e horários sempre atualizados, acessem os sites oficiais. Os links estão ao longo do post.

 

Vai para Londres? Pesquise no Booking entre quase 1500 opções de hospedagem na cidade!

 

3 Respostas para Mercados de Londres

Deixe um Comentário