Muito além da roupa suja

Category Archives: Dublin

Dublin: Guinness Storehouse

Nos primórdios do planejamento da nossa viagem, quando a Lucia jogou Dublin na roda e eu desisti de Amsterdam, ainda estava um pouco desanimada com a troca. Recorri a alguns amigos, pedi para que me deixassem com vontade de ir pra lá. Quase todas as mensagens motivacionais envolviam a Guinness, fosse uma pint num pub ou a visita à Storehouse. Ou seja, não é à toa que esse é a atração turística mais popular da Irlanda.

E eu gostei tanto das fotos tiradas na visita à Guinness Storehouse, que não consegui selecionar, entre as legais e as didáticas, quais usaria para ilustrar meu texto. Minha menor seleção ficou em 20 fotos. Então, resolvi não fazer texto. O post de hoje é estilo fotonovela, todas as informações e causos estão nas legendas abaixo.

Guinness Storehouse
A Guinness Storehouse fica um pouquinho afastada dos demais pontos turísticos da cidade.
saindo do nosso hostel, foi uns 30 minutos de caminhada agradável, a maior parte do tempo margeando o rio Liffey.
Saindo do nosso hostel, foi uns 30 minutos de caminhada agradável, a maior parte do tempo margeando o rio Liffey.
Comprei os tickets com antecedência pelo site, porque tem desconto. Mas não tem aquela frescura de hora marcada, você aparece lá a qualquer hora que dê vontade.
Comprei os tickets com antecedência pelo site, porque tem desconto. Mas não tem aquela frescura de hora marcada, você aparece lá a qualquer hora que dê vontade.
O tour começa com uma abertura em grupo, depois é cada um por si em seu próprio ritmo. Esse papel é o título de propriedade assinado pelo Alec Arthur Guinness, que tem validade por 9000 anos. Sim, você leu certo, NOVE MIL.
O tour começa com uma abertura em grupo, depois é cada um por si em seu próprio ritmo. Esse papel é o título de propriedade assinado pelo Alec Arthur Guinness, que tem validade por 9000 anos. Sim, você leu certo, NOVE MIL.
Depois da abertura, você segue o mapa (tem em Português!) para conhecer a atração. Não tem áudio-guia aqui, a exposição é muito mais didática e interativa do que isso!
Depois da abertura, você segue o mapa (tem em Português!) para conhecer a atração. Não tem áudio-guia aqui, a exposição é muito mais didática e interativa do que isso!
A primeira parte do tour apresenta os ingredientes da cerveja. Dentro desse cofre, fica o super levedo exclusivo, secreto, top da vida.
A primeira parte do tour apresenta os ingredientes da cerveja. Dentro desse cofre, fica o super levedo exclusivo, secreto, top da vida.
Segunda parte favorita do tour é quando mostram o processo de produção da cerveja. Uma coisa tão simples, mas eles mostram de um jeito divertido e inusitado.
Segunda parte favorita do tour é quando mostram o processo de produção da cerveja. Uma coisa tão simples, mas eles mostram de um jeito divertido e inusitado.
Lembrem-se de que a Irlanda é um país que sofreu muitas crises no passado, como fome e desemprego. Além de trazer orgulho e alegria para a população pela ótima qualidade da cerveja, a Guinness também teve um papel importante econômico e social. Nessa sala, uns quadros estilo Harry Potter contam um pouco sobre isso.
Lembrem-se de que a Irlanda é um país que sofreu muitas crises no passado, como fome e desemprego. Além de trazer orgulho e alegria para a população pela ótima qualidade da cerveja, a Guinness também teve um papel importante econômico e social. Nessa sala, uns quadros estilo Harry Potter contam um pouco sobre isso.
Eu não tinha idéia de como era delicado e importante a questão do armazenamento da cerveja, os barris são cheios de especificações.
Eu não tinha idéia de como era delicado e importante a questão do armazenamento da cerveja, os barris são cheios de especificações.
Há toda uma área destinada a mostrar como era feito o transporte da Guinness desde o século XVIII até os dias de hoje.
Há toda uma área destinada a mostrar como era feito o transporte da Guinness desde o século XVIII até os dias de hoje.
Aprenda a degustar sua cerveja com as mini-Guinness vai fofas do mundo. Muito mais lindas e gostosas do que aquelas miniaturas de refri que minha mãe falava que tinha veneno dentro.
Aprenda a degustar sua cerveja com as mini-Guinness vai fofas do mundo. Muito mais lindas e gostosas do que aquelas miniaturas de refri que minha mãe falava que tinham veneno dentro.
E chega a hora mais esperada, a aula de como tirar a pint perfeita.
E chega a hora mais esperada, a aula de como tirar a pint perfeita.
Dizem que é a melhor pint de Guinness da vida, porque é a mais fresquinha.
Dizem que é a melhor pint de Guinness da vida, porque é a mais fresquinha. Diz a lenda que a Guinness não viaja bem.
Mas, sinceramente, não sei até que ponto posso confiar na perfeição de uma pint que eu mesma tirei.
Mas, sinceramente, não sei até que ponto posso confiar na perfeição de uma pint que eu mesma tirei.
Mas pelo menos ganho um certificado para anexar ao CV quando for procurar trabalho de bartender. :)
Mas pelo menos ganho um certificado para anexar ao CV quando for procurar trabalho de bartender. 🙂
Nessa hora, juro, você já viu tanta coisa, sofreu a maior lavagem cerebral Guinness, tem certeza que vai ser a coisa mais glorificada que você já bebeu. Mas não notei diferença, não, viu? #frustração
Nessa hora, juro, você já viu tanta coisa, sofreu a maior lavagem cerebral Guinness, tem certeza que vai ser a coisa mais glorificada que você já bebeu. Mas não notei diferença, não, viu? #frustração
No alto do prédio, tem esse bar com visão 360 graus da cidade. Acho que aqui as pints talves sejam mais perfeitas que as minhas, rs.
No alto do prédio, tem esse bar com visão 360 graus da cidade. Acho que aqui as pints talves sejam mais perfeitas que as minhas, rs.
Dublin é bem ajeitadinha, rs.
Dublin é bem ajeitadinha, rs.
Na Storehouse também há vários bares e restaurates. Fomos no mais barato, claro. Era como um bandejão de comida típica irlandesa. Uma delícia!!
Na Storehouse também há vários bares e restaurates. Fomos no mais barato, claro. Era como um bandejão de comida típica irlandesa. Uma delícia!!
Na saída (ou entrada), uma loja enooooooorme pra voce gastar seus euros com tudo o que possa imaginar. Eles literalmente vendem qualquer coisa onde o logo da Guinness possa ser impresso.
Na saída (ou entrada), uma loja enooooooorme pra voce gastar seus euros com tudo o que possa imaginar. Eles literalmente vendem qualquer coisa onde o logo da Guinness possa ser impresso.

Gente, é isso. Da porta de entrada às compras no final. Prometo que ainda deixei várias surpresas pra quem for fazer a visita na vida real. Dúvidas, por favor, nos comentários, e digam também se gostaram desse estilo de post, pra saber se vale apena postar uma telenovela de vez em quando.
 

Vai para Dublin? Pesquise no Booking mais de 200 opções de hospedagem na cidade!

 

Saindo do aeroporto de Dublin, um guia ilustrado

Ando nesse clima inspirado de aeroporto. Hoje é a vez de Dublin e já estou agendando o de Edimburgo. Demos sorte com nossa hospedagem em Dublin, pois o ônibus que fazia o trajeto para o aeroporto passava bem na nossa esquina! Mesmo que seu hostel/hotel não seja tão próximo da parada, acho que vale muito… Continue lendo…

Dica de hostel em Dublin: Jacobs Inn

Dublin foi, sem dúvida, a cidade mais barata da viagem. Primeiro porque, depois de alguns dias vivendo em libras, você mergulha na ilusão de que o Euro é uma pechincha. Segundo, porque é uma cidade jovem, tipicamente mochileira e, então, os preços são mais em conta mesmo. A minha dica de hostel em Dublin tem… Continue lendo…